A importância de um bom revestimento.

A importância de um bom revestimento.

A etapa de acabamento é composta pela escolha dos pisos e revestimentos, e é preciso ter cuidado na hora de escolher a solução ideal entre os diferentes tipos. Confira essa matéria e entenda mais sobre o revestimento e sua importância.

Revestimento é a camada externa que cobre a alvenaria. Seu uso é essencial para a estética e decoração, além é claro, da proteção e segurança, por isso deve-se considerar o local onde ele será aplicado.
Alguns tipos de revestimentos mais conhecidos no mercado são: os azulejos, cerâmicas, pastilhas, porcelanatos e pedras utilizadas para revestir pisos e paredes.

A escolha do modelo e tipo de material está ligada diretamente a função do cômodo, levando em consideração sua exposição ao sol e a umidade, pois o dever do revestimento é de proteger a parede e quando isso não acontece ou não é feito com um bom acabamento, facilmente ocorre a deterioração, fazendo com que a manutenção seja feita antes que o esperado.
Os revestimentos são uma ótima opção para ambientes internos e externos. Quando uma área externa, por exemplo, não possui revestimento a casa fica muito mais propensa ao acúmulo de sujeiras, tornando mais difícil a limpeza cotidiana. Mas a sua aplicação principalmente no chão, também é essencial para a segurança, uma vez que o material não tenha antiderrapantes o ambiente se torna muito mais propício a acidentes.

Para fazer uma aplicação correta e segura, escolha o revestimento ideal para seu projeto, tendo em mente que o material deve ser o adequado para a funcionalidade do local.
Faça o cálculo de quanto material será necessário para cobrir a área desejada, contando com a margem de erro. Esse passo é essencial para evitar desperdícios.

Logo após, confira o nivelamento para assegurar o alinhamento correto, só então aplique o revestimento e quando finalizado, retire o ar que pode ter ficado entre as peças fixadas. Esse processo pode ser feito com batidas no material.

Aguarde o intervalo de um dia para o processo de cura. Limpe bem as juntas e aplique o Rejunte Hidra. E para finalizar, passe sobre as juntas ainda frescas, uma esponja macia, limpa e úmida para alisar o rejuntamento e ficar com aquela sensação maravilhosa de fim de obra.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre revestimentos e sua aplicação, pode fazer a escolha adequada para a sua próxima obra. Conte com a Hidra!